terça-feira, 1 de abril de 2008

PITAYA

Hoje encontrei em uma banca de frutas a tal da pitaya;
já tinha visto; mas nunca experimentado.
É muito cremosa e parece com kiwi. Uma delicia e exótica!
A pitaya pertence à família Cactaceae, originária da América e encontra-se distribuída
pela Costa Rica, Venezuela, Panamá, Uruguai, Brasil, Colômbia e México, sendo os dois
últimos os maiores produtores mundiais. No Brasil foi introduzida na década de 90,
através de importações da Colômbia, sendo utilizada principalmente como
planta ornamental (flores e frutos). No Estado de São Paulo, existem alguns produtores comerciais, concentrados principalmente na região de Catanduva e Itajobi.
Também chamada de fruta-dragão em algumas línguas, como o inglês.
Como a planta só floresce pela noite (com grandes flores brancas)
são também chamadas de Flor-da-Lua ou Dama da Noite.

Rica em vitamina A e fonte de vitamina C.
Come-se a polpa crua ou em molho para saladas, doces, coquetéis e sucos.
As sementes têm suave efeito laxante e podem ser peneiradas
Existe além da vermelha, a pitaya amarela. E vc quer esperimentar?

4 comentários:

Cleo disse...

Bom dia amiga... passando pra deixar um abraço bem gostoso!...rsss

Anônimo disse...

Que coincidência, eu vim de Campinas este fim de semana e lá minha amiga me apareceu com esta fruta...rsss, eu nunca tinha visto, eu comi esta rosa que vc colocou primeiro...gostei dela,mas minha amiga vai gostar de saber onome dela..rsss ela comprou por comprar.
Morgana
(www.brumasdamagia.blogspot.com)

Cleo disse...

Aeeeee amiga!! tá passeando, né? Será que ja está em Cabo Frio? Um beijo e desejos de que vcs aproveitem bem a viagem.

Anônimo disse...

Oii!!! Adorei a o comentário sobre a fruta...descobri ela em uma revista e estou pesquisando. Será que encontro em Porto Alegre-RS? Tem noção de valor???
Bju e até mais!

Lílian Kley